Category: Alternative

Eu Fiz Um Fado

8 comments

  1. Belos tempos que eu vivi Com oito anos de idade Quando no fado apareci Ambição, sonho querido Em que eu fiz desta canção O meu brinquedo preferido De muito novo assentei praça no fado E com as praças antigas, aprendi a ser soldado Passei a pronto, fiz do fado a minha luta E agora tenho saudade de quando eu era recruta. Belos tempos, quem.
  2. Eu canto um país sem fim O mar, a terra, o meu Fado Meu Fado, meu Fado, meu Fado, meu Fado De mim só me falto eu Senhora da minha vida Do sonho, digo que é meu E dou por mim já nascida Trago um Fado no meu canto Na minh'alma vem guardado Vem por dentro do meu espanto À procura do meu Fado Meu Fado, meu Fado, meu Fado, meu Fado.
  3. Tu és talvez um sonho que passou Que se fundiu na dor, suavemente Talvez sejas a alma, a alma doente Dalguém que quis amar e nunca amou Toda a noite choraste e eu chorei Talvez porque ao ouvir-te, adivinhei Que ninguém é mais triste do que nós Contaste tanta coisa à noite calma Que eu pensei que tu eras a minh'alma Que chorasse perdida em.
  4. Aug 05,  · salve salve família trazendo mais um vídeo para vocês bom que você gosta do vídeo eu resolvi fazer um churrasco para comemorar meu aniversário. segue no Inst.
  5. Página inicial > MPB > O > Oswaldo Montenegro > Fado Doido. Play Compartilhar; Editar. Fado Doido Oswaldo Montenegro Leo e Bia: Era loucura Como é louco tudo o que eu fiz. Agora, se eu sou feliz Ai! Agora quem me diz? Era loucura E agora quem me diz Se um dia eu vou Se agora um dia eu fui feliz Ai! E agora quem me diz Oh! Linda passará.
  6. Sep 28,  · Bem, eu nunca gravei um disco só de fado. No Lusitana havia pelo menos um tema que andava ali a roçar um bocadinho esse tipo de ambiente. Também nunca fiz um concerto só de fuddnefolnurevibelhighwintombpregroxt.coinfo: Marta Leite Ferreira.
  7. Um e um são dois E é o céu, talvez. Vem mais um depois Dois e um são três! Do total tirei a lição final Somar, meu bem, somei, Mas no amor errei Fiz as contas mal!. Uma traição, mesmo aos traidores, Faz contas e contas certas: Multiplica as nossas dores E divide uma afeição! Nesta altura, tu comigo, Das contas, ainda resta! Só te peço que, ao castigo, Diminuas o que eu digo Nesta.
  8. Eu disse adeus à ventura banal De ter um lar e uma brasa! Eu disse adeus à procura Da sorte que tinha em casa Eu disse adeus por maldade, fiz mal! Sei que entre as mais raparigas Vais matar esta.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *